terça-feira, junho 21, 2011

Preparação para a Festa de Corpus Christi: celebração de fé e agradecimento a Deus pela Eucaristia













No próximo dia 23, quinta-feira, a comunidade cristã celebra a festa de Corpus Christi. A celebração foi instituída pelo Papa Urbano IV com a Bula "Transiturus" de 11 de agosto de 1264, para ser celebrada na quinta-feira após a Festa da Santíssima Trindade, que acontece no domingo depois de Pentecostes. A celebração de Corpus Christi nasceu da necessidade de festejar o Corpo de Cristo no Ano Litúrgico, de acordo com as visões da freira agostiniana Juliana de Mont Cornillon, cujas visões secretas foram recebidas pelo Papa Urbano IV. A partir de então, a festa tornou-se mundial e foi incluída no calendário cristão. A primeira celebração aconteceu na paróquia de Saint Martin, em Liége, no ano de 1230. A procissão era feita dentro da igreja. Em 1247, aconteceu a primeira Procissão Eucarística pelas ruas de Liége, já como festa da diocese. Depois se tornou festa nacional na Bélgica. A festa mundial de Corpus Christi foi decretada em 1264, 6 anos após a morte de irmã Juliana em 1258, com 66 anos.  Santa Juliana de Mont Cornillon foi canonizada em 1599 pelo Papa Clemente VIII.

Na Paróquia Nossa Senhora da Vitória, em São Cristóvão, a comunidade já se prepara para esta grande celebração. Desde a semana passada, muitas pessoas já se organizavam em busca de materiais e apoio para a confecção dos tradicionais “tapetes”, por onde a comunidade passa em procissão. Os tapetes são feitos nas principais ruas do Centro Histórico e retratam temas importantes, sempre relacionados à eucaristia. A decoração das ruas para a procissão tem um valor histórico. É uma herança de Portugal e acabou tornando-se tradição no Brasil.

Durante o último domingo, 19, vários jovens e adultos de diversos movimentos da paróquia se reuniram para organizar os materiais que serão utilizados para a confecção dos tapetes. Pó de serra, cascas de ovos, borra de café e outros ingredientes são utilizados. Na celebração dominical, o pároco, Pe. Valdson Azevedo, também enfatizou a importância de participar da celebração. “É importante que a comunidade ajude e, principalmente, participe da festa de Corpus Christi. É o momento de agradecermos a Deus o sacramento da comunhão. Por isso, toda a equipe estará ajudando. Esse ano teremos um único e grande tapete que começará na frente da Igreja Matriz e se estenderá até a praça São Francisco. Contamos com a ajuda de todos”, disse o pároco.

Até quarta-feira as equipes estarão reunidas ao lado da Igreja Matriz para concluir a organização dos materiais. Você, amigo (a) paroquiano (a), participe e ajude nossa comunidade na preparação dessa festa tão importante! É a hora de proclamarmos a gratidão a Deus pelo benefício da Eucaristia!


Por Lays Millena
Fotos: Rildo Cavalcante
PASCOM- Pastoral da Comunicação
São Cristóvão-SE