sexta-feira, agosto 27, 2010

Missa em Desagravo à Destruição de Imagens em São Cristóvão








No dia 21 de agosto de 2010, quando o povo sancristovense ainda comemorava a obtenção do título de Patrimônio Mundial para a Praça São Francisco, nossa antiga capital teve um triste despertar. O monumento do Cristo Redentor fora cruelmente depredado na noite anterior, num ato de vandalismo marcado por grande violência e poder de destruição.

Apontado por historiadores como o mais antigo Cristo Redentor do Brasil, o exemplar sancristovense foi fundado em 12 de outubro de 1926. Neste mesmo ano, a gruta maior do monumento (localizada em sua base) passou a abrigar uma bela imagem da Nossa Senhora da Piedade, que sofreu a violência deste ato bárbaro.

Consternada com a crueldade do ato e visando responder à tamanha agressão ao patrimônio histórico sergipano e à fé do povo católico, a Paróquia Nossa Senhora da Vitória (São Cristóvão) organiza missa em desagravo ao vandalismo praticado contra as imagens do Cristo Redentor de São Cristóvão. A celebração ocorrerá nesta sexta-feira, no Cristo Redentor, às 16h.

O Pe. Bernardino, Pároco de São Cristóvão, ressalta a importância desta celebração: “Será um evento católico especial, a chamada ‘missa penitencial’, que realizamos quando temos a intenção de reparar uma ofensa cometida a um espaço sagrado”. Já o Subsecretário de Estado do Patrimônio Histórico e Cultural, o Professor Luiz Alberto dos Santos, defende que “a educação patrimonial tem como um de seus pilares o respeito à diversidade cultural. Neste sentido, nos solidarizamos à Paróquia Nossa Senhora da Vitória neste ato contra um dos mais belos e significativos monumentos históricos de Sergipe.”

Convocamos toda sociedade sergipana a integrar-se nesta luta em defesa do patrimônio cultural do nosso povo, da diversidade cultural brasileira... e da paz.

FONTE: 
Maíra Ielena Cerqueira Nascimento
Coordenadora do Escritório de São Cristóvão
SUBPAC/SECC