domingo, agosto 30, 2009

VALIOSO VOTO

PRECISO DO SEU VOTO DIARIAMENTE ENTRE NO SITE DA PARÓQUIA www.nsvitoria.com.br e dê seu voto para concorrer com melhor site de paróquia. No mês de maio conseguimos o 3º lugar e agora em setembro queremos ir para o 2. Ou quem sabe 1º.

PASTORAL DA COMUNICAÇÃO

Hora da Ave Maria

Um novo tempo começa em nossa Paróquia, a PASCOM(pastoral da comunicação)reativará A HORA DA AVE MARIA,terá inicio às 5:59 da tarde.

terça-feira, agosto 25, 2009

FESTA DE NOSSA SENHORA DA VITÓRIA - PADROEIRA DE SÃO CRISTÓVÃO



Tema: Com Maria, Mãe do Sumo e Eterno Sacerdote, celebramos o Ano Sacerdotal.
De 04 a 13 de setembro de 2009
PROGRAMAÇÃO

Dia 04/09/09 (sexta-feira) 19h
Responsáveis: Apostolado da Oração, Pastoral do Batismo e Pastoral do dízimo
Celebrante: Pe. Rogério de Jesus Santana
Tema: Jesus Cristo, o sumo e eterno Sacerdote. “Tu és sacerdote eternamente, segundo a ordem do rei Melquisedec” (Sl 109,4).
Convidados: Comunidade São João Batista e Santa Cruz.

Dia 05/09/09 (sábado) 19h
Responsáveis: Ministros Extraordinários da Sagrada Comunhão
Celebrante: Dom Henrique Soares da Costa – Bispo auxiliar
Tema: A Instituição do Sacerdócio. “Fazei isto em memória de mim” (Lc 22,19).
Convidados: Comunidade Sagrada Família (Apicum).
(Investidura dos novos ministros).

Dia 06/09/09 (domingo) 19h
Responsáveis: Comunidade do Carmo
Celebrante: Frei Severino Sebastião de Lima
Tema: O Sacerdote continua a missão de Cristo, o Bom Pastor. “O bom pastor dá sua vida pelas suas ovelhas” (Jo 10,11).
Convidados: Comunidade São Gonçalo (Loteamento Lauro Rocha).

Dia 07/09/09 (segunda-feira) 19h
Responsáveis: Movimento da Mãe Rainha de Schoenstatt e Pastoral da Pessoa Idosa.
Celebrante: Pe. Vágner Santos de Jesus
Tema: O Sacerdote, ministro da Palavra. “Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura” (Mc 16, 15).
Convidados: Comunidade Santa Terezinha (Colina).

Dia 08/09/09 (terça-feira) 19h
Responsáveis: Legião de Maria e Pia União das Filhas de Maria
Celebrante: Pe. José Genivaldo Garcia (Vigário Episcopal)
Tema: O Sacerdote, ministro dos sacramentos. “Ministros de Cristo e administradores dos mistérios de Deus” (I Cor, 4,1).
Convidados: Comunidade Nossa Senhora da Assunção (Alto da Divinéia).

Dia 09/09/09 (quarta-feira) 19h
Responsáveis: Pastoral Familiar e Terço dos Homens.
Celebrante: Pe. Valtewan Correia Cruz
Tema: “Fidelidade de Cristo, Fidelidade do sacerdote”. “Eu sou a videira; vós, os ramos. Quem permanecer em mim e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer” (Jo 15,5).
Convidados: Comunidade São José Operário (Colônia Pintos).

Dia 10/09/09 (quinta-feira) 19h
Responsáveis: Família Franciscana e Pastoral da Comunicação.
Celebrante: Pe. Geofredes Alves de Oliveira
“Tema: “O sacerdócio é o amor do coração de Jesus“.” Dar-vos-ei pastores segundo o meu coração” (Jr 3,15).
Convidados: Nossa Senhora Aparecida (Enseada).

Dia 11/09/09 (sexta-feira) 19h
Responsáveis: Pastoral Litúrgica, Coroinhas, Catequese e Perseverança, Prefeitura Municipal, Câmara de Vereadores.
Celebrante: Pe. Inaldo César
Tema: Maria, Mãe e modelo dos sacerdotes. “Eis aí tua mãe. E dessa hora em diante o discípulo a levou para a sua casa” (Jo 19, 27).
Convidados: Comunidade Virgem dos Pobres, Mãe Rainha (Jupiá) e São João (Loteamento São João).

Dia 12/09/09 (sábado) 19h
Responsáveis: Renovação Carismática (Grucic), Crismandos, Pastoral da Juventude, Motoristas e Comerciantes.
Celebrante: Pe. Aélio Souza Nascimento
Tema: “Todo o Povo de Deus deve incansavelmente rezar e trabalhar pelas vocações sacerdotais” (PDV, 82). “Pedi, pois, ao Senhor da messe que envie operários para sua messe” (Mt 9, 38).
Convidados: Comunidade Mãe Rainha e Santo Antônio (Alto Santo Antônio).
(Após a celebração teremos quermesse e bingo).

13/09/09 (domingo) FESTA SOLENE
(Participação de todas as comunidades)

05h- Alvorada festiva.
10h- Batizados
16h- Missa solene – presidida por Dom José Palmeira Lessa-Arcebispo.
17h- Solene Procissão com a imagem da Padroeira.

Percurso: Praça São Francisco, Coronel Erundino Prado, Rua do Rosário, Dom José Vicente Távora, Nossa Senhora das Fontes, Rua da estação, Lauro Freitas (rodoviária), Graccho Cardoso (Feira Velha), Mercado, Marechal Deodoro, Georgeta César Prado, Ivo do Prado, Praça São Francisco.
Encerramento com a Bênção do Santíssimo Sacramento e Show.

Comissão Organizadora: Normando, Georgina, Cida, Dilma, Luciano, Girlânea, Manoel, Jackson, Etevaldo, Avani.

Pe. José Bernardino de Santana Filho
Pároco

sábado, agosto 22, 2009

Aconteceu em nossa Paróquia:Missa Da Assunção de Nossa Senhora em Honra à Mãe de Deus

Missa Da Assunção de Nossa Senhora em Honra à Mãe de Deus
Maria, Rainha dos anjos e dos santos, fiel seguidora de Seu Filho, Jesus; Mãe amável e admirável dos Cristãos foi assunta ao Céu não para afastar Sua doce presença dos pobres pecadores, muito pelo contrário, Ela subiu ao Céu junto a Seu adorável Filho para estar mais próximo de todos nós e, de modo especial acolhendo a cada um de nós em seu terno amor.
Domingo, dia 16 todos os paroquianos se reuniram para celebrar, em ação de graças, um ano da chegada (visita) de Nossa Senhora de Aparecida que na ocasião eram festejados os 400 anos da Paróquia Nossa Senhora da Vitória, em São Cristóvão.
A Santa Missa, em agradecimento a esta data tão especial para todos os fieis da Cidade, foi presidida pelo Pároco José Bernardino de Santana filho. Em sua homilia, ele destaca a ressurreição dos mortos e a glorificação dos corpos de todos aqueles que amarem a Deus até o fim de sua vida. Ele ressalta ainda o amor, a fidelidade e o compromisso de Maria para com Deus e com toda humanidade ao acolher e assumir os desígnios de Deus: projeto de Salvação para todos os pecadores.
Embora não tenha conhecido a corrupção da carne, Sua assunção é prefiguração daquilo que Deus reserva a todos nós: A ressurreição para a vida Eterna, porém – adverte o Padre – para que isto aconteça é preciso optar pelo Bem, por praticar o que é bom aos olhos do Pai e ainda, “para herdar esta promessa é preciso negar-se a si mesmo, tomar sua cruz e seguir Jesus Cristo (...), assim, seguindo o modelo de Sua e nossa Mãe”, a fim de que, no dia do senhor, possamos ser revestidos da Glória de Deus. O Reverendo José Bernardino conclui sua homilia recomendando a todos os fieis a prática da Fé, da Esperança e da Caridade, virtudes as quais nos auxiliarão a chegar ao Céu.
Que Nossa Senhora volva para nós seus olhos Misericordiosos e nos envolva com Sua Graça especialmente por celebrarmos e recordarmos neste dia 17 um ano de Sua visita a nossa Paróquia e mais particularmente ao nosso coração. Rogamos ainda, querida Mãe Aparecida que nos ajude como nossa Grande Advogada e intercessora junto a seu Filho Amado, Nosso Senhor Jesus. Amém!

quinta-feira, agosto 13, 2009

Formação: Eclo.28:1-9

A quem eu preciso perdoar hoje?

O perdão recebido e dado é profunda fonte de cura e libertação; sem contar que é um verdadeiro remédio para a saúde do corpo e da alma.
Vamos fazer hoje a experiência concreta de perdoar todas as pessoas pelas quais, de alguma forma, temos certa indiferença ou mágoa, por conta de alguma situação desencontrada entre nós?
Jesus nos perdoa sempre e nos convida para fazer o mesmo quando alguém nos magoa. O erro de nossos irmãos deve provocar em nós o desejo de perdão, da mesma forma que quando erramos provocamos o perdão de Deus. Quanto mais perdoamos, tanto mais parecidos com o Senhor nos tornamos. Todo o mal do qual somos vítimas é a oportunidade que temos de perdoar e amar mais os irmãos. “Amem-se uns aos outros, como eu os tenho amado” (João 13,34).
Senhor, nós nos decidimos hoje pelo perdão suplicando-Lhe que abençoe a nossa decisão.
Jesus, eu confio em Vós!

Luzia Santiago é cofundadora da Com. Canção Nova.

Mensagem:"Amar, o verdadeiro martírio"

Amar, o verdadeiro martírio - A atitude de amar é cada vez mais rara

Muitas vezes, deparamos com coisas que nos sentimos incapazes de fazer por conta de nossas misérias. Jesus, no “testamento” d'Ele, nos deixa uma ordem que é o grande desafio da vida de qualquer ser humano: “Amai-vos uns aos outros” (João 15,12). O mandamento do amor, muito mais que uma simples ordem, é um projeto de vida que perpassa a existência de todo homem.
Como imagem e semelhança de Deus, que é amor, o homem tem por vocação amar. Por isso se não a [vocação] cumpre, não encontra em sua vida a verdadeira realização e a felicidade. Amar é a vida do ser humano. Alguém que não ama já está morto.
Mas quem disse que amar é fácil? Quem disse que felicidade e realização são palavras opostas a sacrifício e a sofrimento? Em meio a um mundo hedonista, impregnaram em nossa consciência que felicidade é fazer e viver tudo o que, de alguma forma, não nos custe nada. É por isso que cada vez mais o mundo se torna individualista e a atitude de amar é cada vez mais rara. Amar exige sofrimento, renúncia, martírio.
Se amar é muito mais do que um simples sentimento, é uma decisão e uma atitude de vida, logicamente vai exigir um sacrifício próprio. Muita gente projeta a vida a partir de um desejo, às vezes, um carro, uma casa e sacrifica muita coisa em função disso. Se o projeto próprio dos filhos de Deus é amar, precisamos nos dispor a acolher os sacrifícios próprios dessa decisão.
Somos acostumados a desejar que as pessoas nos amem muito, incondicionalmente, sem olhar para as nossas misérias e limitações. Mas quando chega a hora de amar o outro, colocamos uma série de condições. E o amor incondicional? E o amor oblação? E a alegria maior de dar do que receber? E a verdade que o amor que me cura é o que dou e não o que recebo? Não são simples perguntas, mas uma verdadeira revisão de vida para a qual somos convidados por Deus.
Jesus afirma que se a semente, na terra, não morrer ela não gerará frutos. Amar é morrer! Morrer para as minhas vontades e minhas carências e me decidir em traduzir em ato a vocação que Deus destinou para a minha existência. Não há nenhum ato de amor que não exija de nós o derramar do nosso sangue, um martírio constante que nos leva à oblação e à doação. O amor acarreta sofrimento, cruz, morte. Mas traz consigo redenção, ressurreição, alegria!
Martírio é testemunho. Mártir é aquele que derramou o seu sangue para testemunhar ao mundo um amor maior. É aquele que cumpriu, com excelência, a sua vocação de amar. Em um mundo, que não mais acredita em muitas verdades essenciais, há a extrema necessidade de pessoas capazes de suportar todas as tribulações, de forma a testemunhar que o mandamento do Senhor não é uma utopia. Deus nos chama a sermos hoje mártires do amor, em meio a um povo que esqueceu a sua vocação de amar.
Talvez você esteja sofrendo muito por ter se decidido a amar alguém concretamente e sem esperar nada em troca. Pode ser que a decisão de amar o esteja levando a chorar ao se deitar e a perder noites de sono. Ou então, sua vida se tornou um verdadeiro calvário a partir do momento em que você saiu da teoria e foi colocar a sua vocação de filho de Deus em prática. Louvado seja Deus! Você está se aproximando cada vez mais da meta, da plenitude do verdadeiro projeto de vida que Jesus nos deixou: “Amai-vos uns aos outros, como Eu vos amo” (João 15, 12).
Quando os nossos sofrimentos são causados por atos verdadeiros de amor, eles nos trazem dor, mas trazem também um sentimento de felicidade inigualável. Não uma felicidade aos moldes mundanos, mas a verdadeira felicidade, a verdadeira paz no coração daqueles que realizaram, com aquele sacrifício, a vontade de Deus para a sua vida.
Jesus nos deixou o exemplo da cruz. A cruz é o modelo de amor. Ele nos amou até o fim e nos mostrou que, por amor, somos capazes de levar a nossa decisão até as últimas consequências. Até o derramamento de sangue. Dando literalmente a vida. “Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a sua vida por seus amigos” (João 15, 13).
É hora de pararmos de ficar lambendo as nossas feridas e transformá-las em chagas de amor. Se amar o tem machucado e ferido, você agora tem mais coisas em comum com Jesus. Quando chegar à vida eterna, Ele vai olhar para essas chagas e vai lhe dizer: “Como você é parecido comigo!”. Por isso: não desista de amar! Não desista de testemunhar ao mundo que o amor não é uma utopia, mas uma verdade. Seja onde for que Deus o coloque, seja um mártir do amor. Dê a sua vida pela simples, mas inigualável e heróica decisão de amar sem condições, sem medidas

Autor:Renam Félix

quarta-feira, agosto 05, 2009

1º SITE CATÓLICO DO ESTADO de Sergipe


COMO VOTAR PARA O SITE SER BEM COLOCADO NA CATEGORIA DE SITES DE PARÓQUIAS

ACESSE O SITE www.nsvitoria.com.br

abaixe a barra e verá a medalha de 3º colocado no site catolico Catolica net
CLIQUE NA MEDALHA do site como essa ao lado E VOCÊ ESTARÁ VOTANDO EM NOSSO SITE.

Que Deus lhe abençõe!!!!!!!!!!!!

terça-feira, agosto 04, 2009

Abertura do Ano Sacerdotal


Abertura do Ano Sacerdotal na Arquidiocese de Aracaju

“Fidelidade de Cristo, Fidelidade do sacerdote”

A abertura do Ano Sacerdotal na Arquidiocese de Aracaju iniciou no dia 04 de Agosto, cuja data celebra o dia de São João Maria Vianney, patrono dos padres. A Santa Missa foi celebrada pelo Bispo Auxiliar Dom Henrique Soares da Costa e seus concelebrantes, alem da notável presença do nosso pároco José Bernardino. Todo o clero estava presente, contando ainda com a participação do povo cristão.

Com o tema “O Sacerdócio é o amor do Coração de Jesus” o celebrante ressalta a ação de Jesus como Sacerdote e seu amor com que trata sua missão, afirma ainda que o sacerdote é a configuração de Jesus Cristo “O amor vence a terra, anda sobre o mar... Somente com amor o sacerdote será capaz de exercer seu ministério com fidelidade”.

Finalizando com uma mensagem do nosso Acerbispo Dom Jose Palmeira Lessa dirigida aos padres e a todos fieis ali presentes.

Por: Eriosvaldo
Fotos:Avani e Leandro


Obs:Veja as fotos ao lado